sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Carregador de Bateria

Este carregador é muito simples e com desligamento automático.

A tensão de entrada não pode ser inferior a 15 volts.

Ao lado do diagrama temos a opção da fonte de entrada.

O relé e o transistor não são críticos, assim como o potenciômetro de 1kΩ é ajustado de modo que o relé desarme quando a tensão na bateria chegar a 13,7 volts.

Podemos alterar o circuito com a substituição do potenciômetro por um diodo zenner de 12 volts.

A fonte de alimentação do circuito pode ter corrente de trabalho de 300mA, 500mA ou 1 ampere.

A carga completa depende da bateria, quanto maior a amperagem, mais demorado é a carga completa.

Um exemplo é dado a seguir:

- Para uma bateria de gel de 1,2Ah, a corrente de carregamento deve ser 100mA a hora.

Portanto, este carregador é de "carga lenta".

Um exemplo da fonte de alimentação de nosso carregador:

- Para uma bateria 7AH, a corrente pode ser 500mA.

- Para uma bateria de corrente maior, a corrente pode ser 1 Ampere.

- O ideal mesmo é de 100mA de saída, com carga lenta e confiável.

Configurando

Ligue o carregador a uma bateria e coloque um medidor digital na bateria.

Ajuste o potenciômetro de 1kΩ de modo que o relé desarme, a tensão subirá para 13,7 volts.

Coloque um resistor 100Ω x 2 watts na bateria e observe a queda de tensão.

O carregador deve ligar quando a tensão cai para 12,5 volts.

Esta tensão não é extremamente crítica.

Passa a ser o "histerese" do circuito e é determinado pelo valor da carga no coletor do transistor.