segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Amplificador de 200 watts

Este amplificador, pela sua estrutura, é muito fácil de montar.

Os transistores de saída devem ser dotados de dissipador de calor.

A alimentação é de 100 volts, de preferência.

O valor da potência de áudio final é exatamente de 200 watts RMS.

Se a tensão de alimentação não for boa, bem filtrada, com boa estabilidade, a potência final de áudio será comprometida.

Atenção na montagem, os dissipadores de calor devem ser os "maiores" que encontrar.

Os capacitores eletrolíticos ou não devem ter no mínimo 250 volts de tensão de trabalho.

Os resistores devem ser de 1/4 de watts, com exceção das etapas de saída, que devem ser no mínimo de 10 watts, esses resistores estão polarizando os transistores 2N3055. 

Os capacitores estão em µF e os  resistores estão em KΩ.

Alguns transistores com valores genéricos do ECG.

Nos capacitores e resistores, calcule os respectivos valores em nF, pF ou Ω, e nos transistores, procurar um que tenha o ECG respectivo.

Ter muito cuidado com choque elétrico ou curto circuito, pois a voltagem é de 100 volts.

Podem danificar os transistores mais ainda.

É possível funcionar com ate 110 volts.

Informações:

Potencia máxima:

180 watts

Potencia pico:

360 watts

Alimentação:

95 - 100 volts

Consumo sem sinal:

100mA

Consumo á máxima potencia:

5 amperes

Impedância do falante:



Máxima sinal de entrada para máxima potencia:

1 volts

Distorção a 1/3 da potencia máxima:

0,7%

Distorção a 1/2 da potencia máxima:

1%

Distorção a máxima potencia:

1%

Passo banda:

+- 3dB de 20Hz a 20000Hz

Observação:

Se você não tem experiência nesse tipo de montagem, pesquise primeiro, converse com amigos, navegue na internet.

Sempre é bom ter paciência, tenha todos os componentes em mãos antes de iniciar a montagem.

A caixa para condicionar o projeto deve ter uma excelente ventilação e de preferência de metal ou alumínio.

Se não tiver uma caixa metálica, use caixa de madeira e forre com papel alumínio no interior da mesma.